Ganhador do Sundance chega à Netflix

Divulgação

No último dia 24 entrou no catálogo da Netflix o filme “Já Não Me Sinto em Casa Nesse Mundo”, mais uma de suas produções originais. O longa levou o grande prêmio do juri no Festival de Sundance 2017, conhecido como um dos maiores e mais importantes festivais de cinema independente do mundo.
Tem no elenco o ator Elijah Wood, o eterno frodo do Senhor dos Anéis e a atriz Melanie Lynskey, mais conhecida por interpretar Rose, a vizinha maluca de Charlie na serie “Dois Homens e Meio”.

Na história, Melanie interpreta Ruth, uma auxiliar de enfermagem meio deprimida que tem sua casa invadida por bandidos. Com a ajuda do vizinho metido a roqueiro, Tony (Wood), ela decide ir à caça dos criminosos.
O ator e roteirista Macon Blair estreia na direção. Antes, escrevera o roteiro de Pata de Macaco (2013) e atuara no filme Sala verde (2015).

Apesar de ter o prêmio no Sundance como referência, confesso que o filme não me empolgou. O roteiro é carregado por um humor negro que não funciona, além de ser cheio de personagens mal desenvolvidos. A protagonista não tem muito carisma e Melanie não ajuda, com uma atuação apenas burocrática. Já o personagem de Elijah Wood entra e sai da história sem despertar no espectador um mínimo de apego ou identificação.

filme1

Destaco também o desfecho ruim. O roteirista-diretor foi infeliz ao recorrer a soluções típicas dignas de filmes da sessão da tarde, com situações soando inverossímeis.

O filme abriu a boa fase de prêmios conquistados pelas produções originais do serviço de streaming no começo do primeiro semestre. Além dele, outros filmes da empresa também alcançaram êxito por onde passaram. No César, o Oscar do Cinema francês, “Divinas”, de Houda Benyamina, levou os prêmios de melhor filme de estreante, melhor atriz coadjuvante (Deborah Lukumuena) e melhor revelação feminina (Oulaya Amamra). No Oscar deste ano, a Netflix recebeu três indicações: melhor documentário (13ª Emenda) e melhor documentário curta – metragem (Extremis e Capacetes Brancos). Capacetes Brancos levou o prêmio.

 

Confira abaixo o trailer


wanderley

*Por Wanderley Andrade, jornalista e crítico de cinema

 

Compartilhe

Mais em Wanderley Andrade

0 Comentários

Deixe o seu comentário!